Definição e Regra sobre Ghibah (Falar pelas Costas)

Definição e Regra sobre Ghibah (Falar pelas Costas)

Qual é a definição e a regra aplicada sobre ghibah?


Ghibah (falar dos outros pelas costas, fazer fofoca) é quando uma pessoa menciona as falhas do seu irmão muçulmano na sua ausência, de forma que ele não gostaria se ouvisse o que foi dito, quando não há necessidade de fazê-lo.

Quando eu digo “menciona as falhas do seu irmão”, excluem-se os casos em que a pessoa diz algo para elogiá-lo ou recomendá-lo.

Quando eu digo “irmão muçulmano”, exclui-se o kafir (não muçulmano), porque não existe ghibah no caso dele.

Quando eu digo “na sua ausência”, exclui-se o que é dito em sua presença, o que não é chamado de ghibah de acordo com a opinião mais correta das duas escolas de conhecimento.

Quando eu digo “de forma que ele não gostaria se ouvisse o que foi dito”, exclui-se aquilo com o que ele não se importaria.

Quando eu digo “quando não há necessidade de fazê-lo”, excluem-se os casos em que existe uma razão válida de acordo com a sharia (jurisprudência islâmica), como alertar contra um inovador a fim de afastar as pessoas de sua bidah (inovação).

É importante prestar atenção aos seguintes casos:

1. Ter sinceridade para com Allah e buscar Sua satisfação.

2. Prestar atenção nos benefícios que poderá trazer através desta ação.

3. O que for dito deve ser limitado às deficiências em questão, não devendo ir além, para assuntos que não trarão benefício.

Os sábios concordam que é haram (proibido) falar pelas costas de alguém sem uma razão legítima. A maioria deles afirmou que este é um dos pecados maiores e pode ter vários degraus, alguns tipos podendo ser piores do que outros. Aquele que fala mal de um sábio não é como aquele que fala mal de uma pessoa desprovida de conhecimento. Allah disse (interpretação do significado):

“…e não faleis mal, uns dos outros, pelas costas. Algum de vós gostaria de comer a carne de seu irmão morto? Vocês odiariam isso (então odeie falar dele pelas costas)! E temei a Allah. Por certo, Allah é o Remissório, o Misericordiador.” [49:12]

No sahih Muslim está narrado na autoria de al-Ala ibn Abd al-Rahman, que ouviu de seu pai, que ouviu de Abu Hurayrah (??? ???? ???) que o Profeta ? disse: “Vocês sabem o que é ghibah?” Eles disseram: “Allah e Seu Mensageiro sabem melhor.” Ele disse: “É quando você diz algo sobre seu irmão que ele não gosta.” Ele foi questionado: “E se o que for dito sobre meu irmão for verdade?” Ele disse: “Se o que você disse for verdade então você falou dele pelas costas, e se não for verdade você caluniou ele.”

Abu Dawood narrou em suas Sunas (tradições) através de Nawfal ibn Masahiq que ouviu de Said ibn Zayd que o Profeta ? disse: “O tipo mais comum de juros (riba) é o ato de falar injustamente contra a honra de um muçulmano.”

E ele ? disse: “Seu sangue, sua riqueza e sua honra são sagradas entre vocês, assim como este seu dia, deste seu mês, nesta sua terra. Deixe quem está presente transmitir isso aos que estão ausentes; Talvez ele irá transmitir isso para alguém que entenderá melhor do que ele.” (De acordo, do hadith de Abu Bakrah).

Um dos piores tipos de ghibah, veementemente proibido, é diminuir um muçulmano e insultá-lo, mostrar desrespeito para com ele e lançar difamações sobre sua honra. Esta é uma característica reprovável e uma doença grave; é um dos pecados maiores e quem faz isso está sujeito à advertência e severa punição.

Fonte: IslamQ&A

Etiqueta e Comportamento