Reversão: Testemunho de Outros é Irrelevante

Reversão: Testemunho de Outros é Irrelevante
Compartilhe

Você quer se converter ao Islam, mas não sabe se precisa declarar a sua fé diante de testemunhas? Neste artigo, vamos explicar o que é necessário para se tornar um muçulmano, quais são as vantagens de declarar o seu testemunho de fé publicamente e como fazer isso de acordo com o Alcorão e a Sunnah.

O que é necessário para se tornar um muçulmano?

Para se tornar um muçulmano, você não precisa de testemunhas, mas apenas de sinceridade e convicção. Você deve acreditar em Allah e no Seu Mensageiro, e pronunciar as duas declarações de fé (ash-shahadatayn) em árabe ou em qualquer outra língua que entenda. A evidência para isso é que muitos dos companheiros do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) se tornaram muçulmanos sem declarar sua fé diante de testemunhas, como Abu Bakr, Umar, Hamzah e outros. Além disso, o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse:

“Quem testemunhar que não há outra divindade além de Allah, e que Muhammad é Seu servo e Mensageiro, Allah o proibirá do Fogo.” (Relatado por al-Bukhari, 1289; Muslim, 92)

Este hadith não menciona nenhuma condição de testemunhas para a validade do testemunho de fé.

Quais são as vantagens de declarar o seu testemunho de fé publicamente?

No entanto, é recomendável que a pessoa que se converte ao Islam declare sua fé diante de testemunhas, se possível, por vários motivos, tais como:

  • Para fortalecer sua fé e aumentar sua confiança.
  • Para anunciar sua entrada no Islam e se juntar à comunidade muçulmana.
  • Para obter os direitos e deveres dos muçulmanos, como herança, casamento, funeral, etc.
  • Para evitar qualquer dúvida ou suspeita sobre sua conversão.
  • Para seguir o exemplo dos primeiros muçulmanos que declararam sua fé publicamente.

Como declarar o seu testemunho de fé de acordo com o Alcorão e a Sunnah?

Não é obrigatório declarar o Islam diante de testemunhas, mas é preferível fazê-lo, pois é dito no Alcorão:

“Dize: Este é o meu caminho. Convoco-vos a Deus com discernimento, tanto eu como os que me seguem. Glorificado seja Deus! E não sou dos idólatras.” (Surah Yusuf, 12:108)

Este versículo mostra que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) e seus seguidores eram ordenados a convidar as pessoas para o Islam com sabedoria e clareza, e que isso implica declarar sua fé abertamente.

Portanto, a conclusão é que declarar o Islam diante de testemunhas não é uma condição para a validade do testemunho de fé, mas é uma boa prática que traz muitos benefícios e segue o exemplo dos primeiros muçulmanos. Ao declarar o seu testemunho de fé publicamente, você demonstra a sua confiança e compromisso com a religião de Allah e do Seu Mensageiro.

Você também se torna parte da comunidade muçulmana, que irá apoiá-lo e orientá-lo na sua jornada espiritual. Você também adquire os direitos e deveres dos muçulmanos, que são baseados na justiça e na misericórdia. Você também evita qualquer dúvida ou suspeita sobre a sua conversão, que poderia prejudicar a sua reputação ou a sua fé. Além disso, você segue o exemplo dos primeiros muçulmanos, que declararam a sua fé abertamente e enfrentaram a perseguição e a opressão por causa dela. Eles foram os melhores modelos de fé, coragem e sacrifício, e Allah os honrou e os recompensou por isso.

Assim, declarar o Islam diante de testemunhas é uma forma de expressar o seu amor e gratidão a Allah e ao Seu Mensageiro, e de buscar a Sua satisfação e o Seu perdão.

Fonte (adaptado e elaborado por oislam.org): IslamQA

Leia também:


Compartilhe

O Islam

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *