Os Jinn – de Acordo com o Alcorão e a Sunnah

Os Jinn – de Acordo com o Alcorão e a Sunnah

Parte 2 de 3 – TIPOS DE JINN E SEU PODER

Jinn muçulmano

O Sagrado Alcorão – Az-Zaariyaat 51:56:

“Não criei os gênios e os humanos, senão para Me adorarem (Exclusivamente).”

Hadith – Tirmidhi #861, Narrado Jabir ibn Abdullah, Tirmidhi relatou e disse: Este é um hadith gharib:

 O Mensageiro de Allah veio para os seus companheiros e recitou a Sura ar-Rahman (55) desde o início até o fim, mas eles permaneceram em silêncio. Então ele disse: Eu recitei isso ante os Jinn na noite do Jinn, e a resposta deles foi melhor do que a sua. Quando cheguei a estas palavras: `Então, qual das mercês de vosso Senhor vocês negam? Eles disseram: Nosso Senhor, não há nada que nós negamos do Teu favor; a Ti é o louvor devido.

O Nobre Alcorão – Al-Jinn 72:1-14:

 “Dize (Oh Muhammad): Foi-me revelado que um grupo (de três a dez em número) de gênios escutou (a recitação do Alcorão). Disseram: Em verdade, ouvimos um Alcorão admirável,

“Que guia à verdade, pelo que nele cremos, e jamais atribuiremos parceiro algum (em idolatria) ao nosso Senhor (Allah);”

Cremos em que – exaltada seja a Majestade do nosso Senhor – Ele jamais teve cônjuge ou prole,

E o insensato, entre nós [isto é, Iblis (Satanás) ou os politeístas entre os gênios], proferiu extravagâncias a respeito de Allah.

E jamais imaginamos que os humanos e os gênios iriam urdir mentiras a respeito de Allah.

E, em verdade, algumas pessoas, dentre os humanos, invocaram a proteção de pessoas, dentre os gênios. Porém, estes (jinns) só lhes (humanos) aumentaram os desatinos.

E eles pensaram como pensastes: que Allah jamais enviará algum Mensageiro (para os humanos ou jinns).

(Disseram os gênios): Quisemos inteirar-nos acerca do céu e o achamos pleno de severos guardiães e flamígeros meteoros.

“E usávamos nos sentar lá, em locais (ocultos), para ouvir; e quem se dispusesse a ouvir agora, defrontar-se-ia com um flamígero meteoro, de guarda.”

E nós não compreendemos se o mal era destinado àqueles que estão na terra ou se o Senhor tencionava encaminhá-los para a boa conduta.

E, entre nós (os gênios), há virtuosos e há também os que não o são, porque seguimos diferentes caminhos (sectos religiosos, etc).

E achamos que jamais poderemos safar-nos (do castigo) de Allah na terra, nem tampouco iludi-Lo, fugindo (do castigo para outras paragens).

“E quando escutamos a orientação (este Alcorão), cremos nela (Monoteísmo Islâmico); e quem quer que creia em seu Senhor, não há de temer fraude, nem desatino.”

E, entre nós, há submissos (a Allah, após ouvirem este Alcorão) , como também há os desencaminhados (não crentes que se desviaram do Caminho Correto). Quanto àqueles que se submetem (à vontade de Deus), buscam a verdadeira conduta.”


Shaytaan

O Shaytan (satanás) pode ser humano ou gênio

Sagrado Alcorão – Al-An’aam 6:112:

  “Pela mesmo razão, temos apontado a cada profeta adversários sedutores (Shayatin- demônios), tanto entre os humanos como entre os gênios, que influenciam uns aos outros com a eloqüência de suas palavras (ou mentiras); porém, se teu Senhor tivesse querido, não o teriam feito. Deixa-os, pois, com tudo quanto forjam!”

Conheça seu inimigo

O Nobre Alcorão  – Faatir 35:6:

 “Posto que Satanás é vosso inimigo, tratai-o, pois como inimigo, porque ele incita os seus prosélitos (Hizb – seguidores) a que sejam condenados ao tártaro.”

O Nobre Alcorão – Az-Zukhruf:

“E que Satanás não vos desencaminhe (da religião correta – o Monoteísmo Islâmico); sabei que é (Satan) vosso inimigo declarado.”

Shaitan lhe diz para temer as pessoas ao invés de Allah swt:

O Nobre Alcorão – Az-Zukhruf 43:62:

“É só Shaitan (Satanás), que sugere a você o medo de sua Auliya [apoiantes e amigos (politeístas, descrentes na Unicidade de Deus e em Seu Mensageiro, Muhammad)], então não tenha medo deles, mas temem-Me, se você são (verdadeiros) crentes.”


O poder do gênio é a Sussurrar / Enganar

O Nobre Alcorão – An-Naas 114:

“Dize: Amparo-me no Senhor dos humanos (Allah),

 O Rei dos humanos,

 O Deus (Ilâh) dos humanos,

 Contra o mal do sussurro do malfeitor (o demônio que sussurra a maldade nos corações dos homens),

 Que sussurra aos corações dos humanos,

 Entre gênios e humanos”

O Sagrado Alcorão – Al-An’aam 6:128:

 “No dia em que Ele congregar todos (e disser): Ó assembléia de gênios, já seduziste bastante o homem…”

O Sagrado Alcorão – Al-‘Anaam 6:112:

 “Pela mesmo razão, temos apontado a cada profeta adversários sedutores, tanto entre os humanos como entre os gênios, que influenciam uns aos outros com a eloqüência de suas palavras (ou por mentiras)…”

O Nobre Qur’an – An-Nahl 16:99-100:

“Porque ele não tem nenhuma autoridade sobre os fiéis, que confiam em seu Senhor (Allah).

Sua autoridade só alcança aqueles que a ele se submetem e aqueles que, por ele (Satan), são idólatras “(aqueles que associam parceiros a Allah, ou Mushrikun, os politeístas – veja verso 6:121).

O Sagrado Qur’an – Ibrahiim 14:22:

“E quando a questão for decidida, Satanás lhes dirá: Deus vos fez uma verdadeira promessa; assim, eu também vos prometi; porém, faltei à minha, pois não tive autoridade alguma sobre vós, a não ser convocar-vos, e vós me atendestes. Não me reproveis, mas reprovai a vós mesmos. Não sou o vosso salvador, nem vós sois os meus. Renego (o fato de) que me tenhais associado a Deus, e os iníquos sofrerão um doloroso castigo!”

O Nobre Qur’an – Al-Israa’ 17:61-65:

“E quando dissemos aos anjos: Prostrai-vos ante Adão!, prostraram-se todos, menos Lúcifer (Satã, Iblis), que disse: Terei de prostrar-me ante quem criaste do barro?

E (Iblis) continuou: Atenta para este, que preferiste a mim! Juro que se me tolerares (manter-me vivo) até o Dia da Ressurreição, salvo uns poucos, apossar-me-ei da sua descendência (por desviar-lhes o caminho)!

Disse-lhe (Deus): Vai-te, (Satanás)! E para aqueles que te seguirem, o inferno será o castigo bem merecido!

 “Seduze (Istafziz – engane gradualmente) com a tua voz (ou seja, canções, música, ou qualquer outro chamado para a desobediência a Allah) aqueles que puderes, dentre eles; aturde-os com a tua cavalaria e a tua infantaria; associa-te a eles nos bens e nos filhos (tentando-lhes a ganhar dinheiro de forma ilegal, usura, etc, ou por cometer ato sexual ilegal, etc) e faze-lhes promessas! Qual! Satanás nada lhes promete, além de quimeras.”

Não terás autoridade alguma sobre os Meus servos (ou seja, os verdadeiros crentes no Monoteísmo Islâmico), porque basta o teu Senhor para Guardião.”

CONTINUA…

Sobre os Jinn