Limitações Humanas

Limitações Humanas

Rasulullah, sala Allahu ‘alaihi wa sallam, disse: “As pessoas permanecerão se questionando e perguntando umas às outras até o dia que será dito: ‘isto é criação de Allah, mas quem criou Allah?’. Qualquer um que se deparar com isso, então, diga: ‘Eu creio em Allah e em Seus Mensageiros’”.


Não é possível responder a perguntas sobre a natureza de Allah, aza wa jal. Este território é um lugar escorregadio e que, muitas vezes, leva ao kufr. Temos sido advertidos sobre a exploração destes assuntos e é recomendado que digamos ‘cremos em Allah e no que nos foi revelado através de Seus mensageiros’; devemos aguardar pacientemente o Dia do Juízo para que todas as nossas perguntas sejam respondidas.

Os seres humanos têm habilidades limitadas: visão, audição, intelecto, etc. Não possuímos as capacidades do Todo Poderoso, louvado seja. Por exemplo, o espectro eletromagnético que podemos ver varia de 400 a 700nm de comprimentos de onda, ou seja, a luz visível. As abelhas, por outro lado, possuem a capacidade de enxergarem radiação ultravioleta nas flores, os que as orienta ao néctar. Cobras são capazes de perceber as radiações infravermelhas que os corpos de sangue quente produzem. E isso prova o quão limitados somos.

Nossas capacidades auditivas também são limitadas entre 20 e 20.000 Hz. Não podemos ouvir sons acima ou abaixo desta gama. Cães, diferentemente, detectam frequências tão altas quanto 45.000 Hz; gatos detectam até 85.000 Hz; morcegos até 120.000 Hz e golfinhos até 200.000 Hz. Enquanto estes são capazes de detectar frequências tão altas, os elefantes podem detectar frequências tão baixas quanto 5 Hz.

Similar é nossa capacidade olfativa. E Allah, subhanahu wa ta’ala, disse: “Ele é Conhecedor do incognoscível e do cognoscível, o Grandioso, o Altíssimo” (Ra’ad: 9).

As nações e povos que nos antecederam costumavam importunar seus profetas e mensageiros com todos os tipos de perguntas, pedindo que Allah, subhanahu, apresentasse todos os tipos de provas. Allah, aza wa jal, disse que isso resultou em respostas que estavam acima das suas limitadas compreensão, experiência e inteligência. Como resultado eles descreram!

Deveríamos refletir sobre os exemplos anteriores e aceitar nossas limitações, sem negarmos a crença em Allah, subhanahu wa ta’ala, apenas porque nossas capacidades atuais não nos permitem compreender totalmente a Sua existência.

O Islam e o Ser Humano