Opressão no Casamento

Os dois parceiros no casamento devem ser equitativos e justos quando lidam um com o outro.

 Eles devem evitar oprimirem-se um ao outro de qualquer maneira. Eles não devem tirar vantagens indevidas dos seus direitos, ou abusar um do outro através das suas qualidades distintas. A opressão foi proibida por Allah (subhanahu wa ta'la), mesmo para Ele próprio!

Abu Dharr (radiAllahu 'anhu) relatou que o Mensageiro de Allah ? disse: "Allah diz, 'Ó meus servos! Eu de facto proibi injustiça para Mim Mesmo e proibi-a para vocês, por isso não se oprimam uns aos outros.'" [Relatado por Muslim]

A opressão é um grande pecado que merece o ódio de Allah e traz o Seu castigo nas duas vidas (nesta e na próxima).

Jabir Ibn 'Abdullah e 'Abdullah Ibn 'Umar (radiAllahu 'anhuma) relataram que o Mensageiro de Allah ? disse: "Evitem a opressão, porque a opressão resultará em escuridão profunda no Dia da Ressurreição." [Relatado por Muslim e outros]

Não deixem que sentimentos de superioridade e domínio cheguem ao coração de qualquer um dos conjugues, causando-o (ou a ela) a oprimir o outro, pensando que ele (ou ela) alcançou por isso uma vitória merecida. Que ambos ponderem sobre os ahadith citados acima, e que ambos estejam atentos à maldição secreta que pode resultar de um coração pesado de uma pessoa oprimida.

Anas Ibn Malik (radiAllahu 'anhu) relatou que o Mensageiro de Allah ? disse: "Evitem a suplicação do oprimido (contra vós), mesmo que este seja um kafir (não-muçulmano), porque não há nenhuma barreira no seu caminho (para Allah)." [Coleccionado por Ahmad, Abu Ya'la e outros. Classificado como hasan (bom) por Al-Albani (as-Sahihah nº767 e Sahih ul-Jami' nº 119)]

E a opressão nunca é esquecida e nunca sairá sem castigo.

Abu Huraira (radiAllahu 'anhu) relatou que o Mensageiro de Allah ? disse: "Quem oprimiu o seu irmão em relação à sua honra ou propriedade deve implorar pelo seu perdão hoje – antes que lhe seja tirado num Dia onde não haverá dinars ou dirhams (dinheiro): Se ele tiver boas acções, algumas delas serão tiradas de acordo com a quantia da sua opressão; e se ele não tiver boas acções, alguns pecados do seu companheiro (oprimido) serão tirados e postos nele (no que o oprimiu)." [Coleccionado por al-Bukhari e Ahmad]

Extracto do livro Garments of Love and Mercy, pelo Dr. Abu Ameenah Bilal Philips, pág. 106 a 107.

Adaptado e traduzido por Cláudia Sofia Simões