Nossa Natureza Humana nos Predispõe ao Monoteísmo

 

 

Questionador: Amal

 

Pergunta: As-Salamu Alaykum. O Islam sustenta que a crença em um Deus é a fitrah (natureza inata) do homem, mas porque é que deve ser assim? Por que a crença em muitos deuses ou no filho de Deus não pode ser fitrah? Como dizemos que alguma coisa é a fitrah? Por favor, explique.

 

Consultor: Professor Shahul Hameed.

 

Resposta:

As-Salamu Alaykum wa Ramatullah wa Barakatuh, querida Amal, obrigada por sua pergunta e por contatar Ask About Islam.

 

Allah, no Sagrado Alcorão fala sobre a fitrah do homem nestas palavras:

Então, ergue tua face para a religião, sendo monoteísta sincero. Assim é a natureza feita por Allah - segundo a qual Ele criou os homens. Não há alteração na criação de Allah. - Essa é a religião reta, mas a maioria dos homens não sabe.

(Alcorão 30:30)

 

Podemos ver que “o padrão em que Allah fez a humanidade” refere-se à natureza inata do homem, e “erguer a face firme e verdadeiramente para a Fé” é chamado “a religião padrão”.

 

 

Islam, o Monoteísmo Perfeito, é o Padrão

“A religião padrão” é o mesmo que a Religião, ou a Religião Primária da humanidade, o que é mencionado em outro versículo que significa:

E, lembra-te, Muhammad, de quando teu Senhor tomou, dos filhos de Adão - do dorso deles - seus descendentes e fê-los testemunhas de si mesmos, dizendo-lhes: "Não sou vosso Senhor?" Disseram: "Sim, testemunhamo-lo." Isso, para nao dizerdes no Dia da Ressurreiçao: "Por certo, a isto estavamos desatentos".

(Alcorão 7:172)

 

Comentaristas dizem que os versículos acima referem-se à uma aliança tomada por Deus a partir de toda a humanidade, sem nenhum limite de tempo.

 

Em outras palavras, o homem em sua pureza de alma essencial e original, reconhecera o seu Criador. Mas mais tarde, depois de seu nascimento, ao crescer ele está, digamos, em um estado de “esquecimento”.

 

E, ao ser lembrando de seu dever para com Deus, ele deve saber a verdade disso no fundo de seu coração, a menos que ele “encubra” essa verdade íntima.

 

Por isso Allah no Alcorão, nos deixa claro que a natureza inata do homem em sua pureza, deve reconhecê-lo como O Primeiro e o Único Criador e Provedor.

 

Estudos de antropologia cultural e história social também corroboram com a ânsia do homem por uma unidade espiritual.

 

Aliás, as últimas descobertas em estudos ecológicos enfatizam a unidade e uniformidade essenciais na natureza e no universo, o que implica um Único Governante do universo.

 

O Judaísmo, o Cristianismo e o Islamismo são de fato, religiões Semíticas que compartilham os mesmos antecedentes, e falam essencialmente de Um Deus. Mas considere mesmo o Hinduísmo que fala de muitos deuses. Você descobrirá que o Hinduísmo na sua forma mais alta fala apenas de um Deus.

 

Há o verso Sânscrito no Rig Veda: "Ekam Sat vipra bahuda vadanti": A Verdade é Uma, mas os eruditos a chamam por muitos nomes.

 

Consequentemente vemos que é a crença em Um Deus que valida a religião. A natureza e a história, também defendem a Verdade do Deus Único, Allah Altíssimo.

 

 

A mensagem principal do Alcorão

O Livro de Deus (Alcorão) nos informa de certas verdades, que não temos outros meios de saber. Se sentimos a necessidade de investigar sua veracidade, o único curso é estudar a natureza e a história. De fato, um novo estudante do Alcorão considera bastante surpreendente que ele o exorte a observar fenômenos naturais e contemplá-los como uma maneira de chegar ao Único Criador. Além disso, o Alcorão repetidamente exorta seus leitores a estudarem a história, até mesmo a viajar para diferentes partes da Terra e aprender o que as gerações passadas fizeram e como elas desapareceram da face da Terra. Todos esses estudos nos revelam a natureza primitiva do homem, sua vida no mundo e suas missões espirituais. Eles, inevitavelmente, nos levam ao fato inescapável da existência de Deus, o Senhor de todos os mundos, como atestado pela pura essência do homem.

 

E Allah sabe melhor. Obrigado por sua pergunta e mantenha contato.

 

Salam.

 

 

Fonte: Aboutislam.net


You have no rights to post comments