Como se proteger da magia e da feitiçaria?

A Surah Al-Falaq (capítulo 113 do Alcorão) foi revelada em Makkah. Os temas centrais desta Surah são:

  1. Buscar refúgio em Allah de todos os males da criação.
  2. Existência de magia negra, feitiçaria, mau-olhado, etc. e a cura para todos eles.

Interpretação Resumida do Capítulo

{Em nome de Allah, o Misericordioso, o Misericordiador. Dize: "Refugio-me nO Senhor da Alvorada,}

Recomenda-se buscar refúgio com Allah continuamente contra os males da criação. O Profeta Muhammad (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava buscar refúgio com Allah recitando esta Surah e a Surah An-Naas (a Surah seguinte). Abu Sa’id, um companheiro do Profeta disse:

“O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava buscar refúgio dos jinns e do mau-olhado até que as Mu’awwidhatayn (as Surat protetoras, a saber, Surah Al-Falaq e Surah An-Naas) foram reveladas. Quando isso aconteceu, ele então, as tomou (para recitá-las) e deixou de buscar refúgio através de qualquer outra coisa.” (Narrado por At-Tirmidhi, An-Nasa’i, Ibn Majah)

{Contra o mal daquilo que Ele criou,}

Este versículo comanda que os crentes busquem refúgio com Allah dos males dos outros seres humanos, jinns, animais e o resto da criação.

{E contra o mal da noite, quando entenebrece,}

Neste versículo, Allah admoesta os crentes a buscarem refúgio com Ele dos maus que acontecem na calada da noite, quando muitas almas malignas e criaturas nocivas se espalham na terra.

{E contra o mal das sopradoras dos nós}

Neste versículo, Allah comanda os crentes a buscarem refúgio com Ele de todas as formas de magia negra, feitiçaria, mau-olhado, etc.

O Profeta Muhammad (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) também fora afetado pela magia negra em uma ocasião. 'Aisha (que Allah esteja satisfeito com ela), sua esposa, disse:

O Profeta foi afetado pela magia, de modo que pensara ter feito coisas que não havia feito (em sua vida pessoal, no entanto, o feitiço não teve nenhum efeito sobre ele além disso). Esse feitiço continuou até um dia, quando em minha presença, ele suplicou e suplicou e depois disse:

"’Aisha, sabes o que Allah nos instruiu sobre o assunto que eu perguntei a Ele?"

Perguntei, “Mensageiro de Allah, o quê?” Ele respondeu:

“Dois (anjos disfarçados de) homens vieram até mim, um deles sentou-se perto da minha cabeça e o outro perto do meu pé. Um perguntou ao outro, ‘O que prejudicou esse homem?’ O outro respondeu, ‘Ele está sob efeito de magia.’ O primeiro perguntou, ‘Quem foi que fez magia contra ele?’ O outro respondeu, ‘Labid ibn al-‘Asam, um judeu da tribo dos Banu Zurayq.’ O primeiro perguntou, ‘Isso foi feito com o quê?’

O outro respondeu, ‘Com um pente e com o cabelos presos nele, e uma pele do pólen de uma tamareira macho.’ O primeiro perguntou, ‘Onde está?’ O outro respondeu, ‘No poço de Dharwan.’”

Então, o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) foi até o poço com alguns de seus companheiros e olhou ao seu redor, onde havia tamareiras. Ele então voltou até mim e disse:

“Por Allah! A água daquele Poço estava (vermelha) como se estivesse infundida com folhas de henna, e suas tamareiras eram como se fossem as cabeças dos demônios.”

Perguntei: “Mensageiro de Allah, você removeu aqueles materiais?”

Ele respondeu:

“Não, quanto a mim, Allah me curou e eu temi (que ao permitir que as pessoas soubessem disso) que espalharia este mal entre eles.” Ele então ordenou que aquele poço fosse enchido de terra e assim foi feito” (Narrado por Al-Bukhari)

A magia negra é um dos fatos consolidados e é mencionado no Alcorão e na Sunnah Profética. Quanto ao estatuto islâmico legal sobre praticar magia negra, isso é haram (proibido), e faz com que a oração de quem a pratica não seja aceita por quarenta dias, e acreditar no que o mágico ou feiticeiro diz torna a quem acredita, kafir (incrédulo).

Com relação à gravidade de acreditar em magia negra, o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), disse:

"Quem quer que vá a um adivinho, um praticante de magia (negra) ou vidente, perguntar algo e acredita no que ele diz, nega o que foi revelado a Muhammad". (Narrado por Al-Bazzar, Abu Ya'la).

Com relação aos males da prática da magia negra, o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), disse:

“Quem quer que pratique magia (negra) é um Mushrik (politeísta) (Narrado por At-Tabarani)

Os feitiços podem ser desfeitos pelo poder do Alcorão, que foi enviado como cura e misericórdia para os crentes. Para se livrar de sussurros satânicos, magia negra, feitiço, mau-olhado, etc., um Muçulmano deve estar disposto a ler súplicas autênticas, especialmente a Ayat Al-Kursi e Surat Al-Ikhlas, Al-Falaq e An-Naas (os três últimos capítulos do Alcorão).

{E contra o mal do invejoso, quando inveja.”}

O invejoso é quem deseja ver a remoção das bênçãos que ele vê no invejado, e faz todo o possível para tê-las removidas. O homem precisa, portanto, buscar refúgio com Allah de seu mal. (Tafsir As-Sa’di)

Fonte: PrimáriaSecundária

 


You have no rights to post comments