Será que Allah tomou um filho?

 

 

A palavra de Allah:

"Se houvéssemos desejado tomar um entretenimento [ou seja, uma filha ou um filho], havê-lo-íamos tomado de Nossa parte, se houvéssemos querido fazê-lo. Mas arrojamos a verdade contra a falsidade; então, esmaga-a e ei-la nula. E ai de vós pelo que alegais! E d’Ele é quem está nos céus e na terra. E os que estão junto d’Ele não se ensoberbecem, diante de Sua adoração, nem esmorecem." [Surah al-Anbiya (21): 17-19]

 

 

Al Baghawi comenta:

O significado da ayah é que quando eles fizeram suas alegações acerca do Messias e sua mãe, Allah os refutou dizendo: {havê-lo-íamos tomado de Nossa parte} ... porque você sabe que o filho e a esposa de um homem estão com ele, não com outros.

 

{... se houvéssemos querido fazê-lo} - Qataadah e Ibn Jurayj declararam que esta é uma negação, significando “não o fizemos”. Outros mencionaram que esta é uma condição, significando que “se fossemos dos que tomam um filho, Nós teríamos tomado um de Nós mesmos (ou seja, não teria tomado um de entre a humanidade, tal como ‘Isaa foi), mas Não o faríamos, porque isso não é próprio de um Deus.

 

{Mas...} - Significa rejeitar o que alegaram, porque são mentiras e falsidade.

 

{arrojamos a verdade contra a falsidade; então, esmaga-a e ei-la nula.}  - Significa que “falsificaríamos as mentiras deles, esclarecendo a verdade de maneira que elas definhem e desapareçam. Allah então os ameaça por suas mentiras dizendo: {E ai de vós pelo que alegais!} a Allah aquilo que não é próprio d’Ele, alegando que Ele tem uma esposa e um filho.

 

{E d’Ele é quem está nos céus e na terra.} – Todos eles são Seus servos e Ele é dono de todos eles.

 

{E os que estão junto d’Ele} – Ou seja, os anjos {não se ensoberbecem, diante de Sua adoração, nem esmorecem}.

 

Ibn Kathir comenta:

Isto é parecido com as palavras de Allah:

{Se Allah desejasse tomar para Si um filho, Ele escolheria o que quisesse, dentre quanto cria. Glorificado seja Ele! Ele é Allah, O Único, O Dominador.} [Surah az-Zumar (39): 4]

 

Ele glorificou-Se de tomar um filho, para não mencionar as mentiras e falsidade deles, alegando que ‘Isa ou ‘Uzayr ou os anjos são filhos de Allah {Glorificado seja Ele!}

 

 

Compilado do Tafsir al Bahgawi e Tafsir ibn Kathir.

 

 

[Nota do Tradutor em Inglês]: Pense sobre isso, se Deus fosse tomar um filho, ele seria divino, semelhante a Deus, magnificente, todo-poderoso, eterno, majestoso, etc. Ele não seria um simples humano que come como nós, dorme, sangra, alivia-se, cansa-se, etc. Ele compartilharia dos atributos de seu pai, como seus filhos compartilham dos atributos de seus pais. Glorificado é Allah, do que o ignorante atribui a Ele.

 

 

Tradução e Adaptação: Islane Castelo

Fonte: Subulassalaam [Originalmente traduzido por Abu Abdul-Waahid, Nadir Ahmad]


You have no rights to post comments