Generosidade

Generosidade

Como seres humanos, temos um senso inato de moralidade. Não importa de que religião, raça ou cor somos, certas qualidades servem como padrão moral. Admiramos a justiça, coragem, honestidade e compaixão.


Abominamos aqueles que demonstram traição, crueldade ou corrupção. Os padrões morais são universais, e um dos aspectos mais importantes do Islam é a adesão aos altos padrões morais e à boa conduta. O Profeta Muhammad (que a misericórdia e bênçãos de Allah estejam sobre ele) ensinou aos muçulmanos a terem melhores maneiras e características pessoais. O alto padrão moral e as boas maneiras do Profeta fez dele o melhor exemplo para os muçulmanos a seguir. Allah disse no Alcorão:

         “E, por certo, és de magnífica moralidade.” (Quran 68:4)

A generosidade estava entre as inúmeras qualidades do Profeta Muhammad. Ele era o mais generoso das pessoas e ele costumava ser mais generoso no Ramadan (Saheeh Al-Bukhari, Saheeh Muslim O mês islâmico em que os muçulmanos jejuam, um dos cinco pilares do Islam.).

Um dia, o Profeta Muhammad proferiu a oração na mesquita e depois apressadamente voltou para sua casa e retornou imediatamente. Um companheiro perguntou por que ele saiu, e ele respondeu: “Eu deixei um pedaço de ouro em casa que foi dado para caridade e não queria deixá -lo permanecer uma noite em minha casa, então eu o trouxe para distribuir . ” ( Sahih Al -Bukhari )

Nossos bens mundanos são dádivas de Allah, que é Al Karim, O Mais Generoso . Os muçulmanos acreditam que tudo se origina de Allah e tudo voltará a Ele, portanto, é lógico que se comportam como se o que possuímos é apenas um empréstimo, algo que somos obrigados a preservar, proteger e, finalmente, compartilhar.

Sempre que o Profeta Muhammad conhecia uma pessoa avarenta, ele a aconselhava a ser mais generosa e caridosa. Ibn`Abbas disse que ouviu o Profeta Muhammad dizer:” O crente não é aquele que come quando seu vizinho está com fome “, outro companheiro ouviu o Profeta dizer:” O crente é simples e generoso, mas o ímpio é enganoso e ignóbil “.

         Generosidade Definida

De acordo com a Universidade de Princeton, a generosidade é definida como a vontade de dar livremente. O Islam incentiva tanto esse conceito de generosidade que ele está inserido em um dos cinco pilares do Islam, a caridade obrigatória conhecida como Zakaat. Em árabe, o termo zakaat significa literalmente purificação do coração, no entanto; é também o pagamento, a partir de dinheiro excedente, de uma caridade obrigatória concebida por Allah para proporcionar a todos os membros necessitados da comunidade. É uma quantidade fixa calculada.

Há também uma outra forma de generosidade no Islam chamada sadaqa. Linguisticamente, sadaqa significa veracidade, e alguns estudiosos têm descrito como o coração sendo verdadeiro com o seu Criador. Qualquer coisa dada generosamente – livremente a outros – com a intenção de agradar a Allah é sadaqaSadaqa pode ser tão simples como um sorriso, ajudar uma pessoa idosa com suas compras ou remover objetos da estrada ou caminho.

A generosidade pode ser vista como um investimento sábio no futuro. Generosidade ou sadaqa pode abrir o caminho para o Paraíso, porque com cada ato generoso vem grande recompensa de Allah. No entanto, ser generoso não significa apenas dar livremente a partir do que você tem em abundância. A generosidade não está em dar algo que não é mais útil, mas em dar livremente das coisas que amamos ou precisamos.

Aisha (a esposa do Profeta) disse: “Uma senhora, junto com suas duas filhas veio me pedir esmola, mas ela não encontrou nada comigo, exceto uma tâmara que eu dei para ela e ela dividiu entre suas duas filhas. “(Sahih Al-Bukhari)

Allah nos diz no Quran que tudo o que nós damos generosamente, com a intenção de agradá-Lo, Ele vai substituí-lo. Allah sabe o que está nos corações das pessoas.

Dize : “Por certo, meu Senhor prodigaliza o sustento a quem quer, de Seus servos, e restringe-lho. E o que quer que despendais, Ele vo-lo restituirá. E Ele é O melhor dos sustentadores.” (Quran 34:39)

                 O Valor da Generosidade

Os companheiros do Profeta Muhammad entendiam o valor de ser generoso. Abdullah ibn Omar foi visto no mercado comprando forragem para seu camelo a crédito. Um dos homens questionou isso sabendo que Abdullah tinha recebido 4.000 dirhams e um cobertor no dia anterior. Foi explicado que antes do anoitecer Abdullah tinha distribuído o dinheiro entre os necessitados. Ele, então, pegou o cobertor, jogou-o sobre o ombro e foi para casa, mas pelo tempo que ele chegou até mesmo o cobertor tinha ido embora, ele tinha dado a uma pessoa necessitada.

Após a morte do Profeta, o povo enfrentou grandes dificuldades devido à seca. Eles chegaram a Abu Bakr pedindo-lhe para dar-lhes o suficiente para sustentá-los, mas ele não foi capaz de ajudar, o tesouro estava vazio. Assim, nesse momento, a caravana de camelos pertencente a Uthman chegou de Damasco. Ela estava cheia de alimentos e outros bens. Os comerciantes se reuniram na casa de Uthman oferecendo-lhe grandes quantidades de dinheiro pelos bens; no entanto, ele recusou dizendo que estava preparado apenas para dar os bens Àquele de quem ele receberia a maior recompensa. Uthman deu todos os bens às pessoas famintas de Madinah e não os cobrou. Ele sabia que Allah iria recompensá-lo com algo muito maior do que o dinheiro.

Mesmo nas mais difíceis circunstâncias, uma pessoa que é um verdadeiro crente em Allah Todo-Poderoso é capaz de ser generosa.

O povo veio ao Profeta Muhammad e perguntou: “Se alguém não tem nada para dar, o que ele vai fazer?” Ele disse: “Ele deve trabalhar com as mãos e beneficiar a si mesmo e também dar em caridade (do que ele ganha).” As pessoas ainda perguntaram: “Se ele não pode encontrar até mesmo isso?” Ele respondeu: “Ele deve ajudar os necessitados que apelarem à ajuda.” Então, as pessoas perguntaram: “Se ele não puder fazer isso?” Ele respondeu: “Então, ele deve realizar boas ações e se manter longe das más ações e isso será considerado como atos de caridade”. (Sahih Al-Bukhari)

E Allah diz no Alcorão que Ele vai retribuir a generosidade de um crente.

“E o que quer que despendais de bom vos fará compensado e não sofreis injustiça.” (Quran 2:272)

Allah é o único que fornece para nós e Ele espera que partilhemos generosamente. Somos incentivados a ser benevolentes e altruístas com as nossas posses, com o nosso tempo e no nosso comportamento exemplar para com os outros.

Sobre o Coração