Dia Vinte e Nove: Arrependimento

Dia Vinte e Nove: Arrependimento

Meus irmãos: concluam este mês de Ramadan com arrependimento a Allah por desobedecê-Lo. E voltem a Ele com o que O agrada. De fato, uma pessoa nunca para de cometer pecados e ser deficiente. Todos os filhos de Adão são pecadores, e o melhor dos pecadores são os que se arrependem. Como Allah diz: “E implorai perdão a vosso Senhor; em seguida, voltai-vos arrependidos para Ele. Ele vos fará gozar belo gozo, até um termo designado, e concederá Seu favor a cada merecedor de favor; mas, se voltais as costas por certo, temo, por vós, o castigo de um grande dia.” (11:3) “Dize, Muhammad; “Sou, apenas, homem como vós; revela-se-me que vosso Allah é Deus Único. Então, sede retos com Ele, e implorai-Lhe perdão. E, ai dos idólatras” (41:6) “E voltai-vos, todos, arrependidos, para Allah, ó crentes, na esperança de serdes bem-aventurados!” (24:31) “Ó vós que credes! Voltai-vos arrependidos para Allah, com arrependimento sincero. Quiçá, vosso Senhor vos remita as más obras e vos faça entrar em Jardins, abaixo dos quais correm os rios, um dia, em que Allah não ignominiará ao Profeta e aos que, com ele, creem. Sua luz lhes correrá adiante e à direita. Dirão: “Senhor nosso! Completa, para nós, nossa luz, e perdoa-nos. Por certo, Tu, sobre todas as cousas, és Onipotente” (66:8) “Por certo, Allah ama os que se voltam para Ele, arrependidos, e ama os purificados” (2:222). E há muitos versículos que mencionam arrependimento.


O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Ó, vós que credes, arrependei a Allah e buscai Seu perdão, pois, de fato, busco o arrependimento 100 vezes por dia” (Muslim). E ele disse: “De fato, eu me arrependo a Allah em um dia mais de 70 vezes” (Bukhari). Também disse: “Allah está mais satisfeito com o arrependimento de um servo quando este se volta para Ele por arrependimento, do que aquele dentre vós que está montado num camelo em um deserto sem água e há sobre (aquele camelo) sua provisão de comida e bebida e (o animal) é se perde dele. Assim, perdendo toda a esperança, o homem jaz na sombra e fica desapontado com o camelo, e, de repente, ali encontra o camelo diante dele. Ele segura a rédea e, depois, com uma alegria sem limites, diz: Ó Senhor, Tu és meu escravo e eu sou teu senhor. Ele comete este erro por extremo prazer” (Muslim). Ele também disse: “Se o filho de Adão tivesse uma montanha de ouro, ele gostaria de possuir duas montanhas, e não ficará satisfeito até que sua boca esteja cheia de sujeira e Allah perdoe quem se arrepender” (Muttafac alaihi).

Portanto, o arrependimento está em se voltar a Allah, ir da desobediência à obediência, porque Ele (louvado seja) é Quem deve ser venerado por direito, e os direitos da adoração são que uma pessoa seja humilde e modesta para com o seu Senhor, e se alguém desobedece a Allah, então o arrependimento dele é retornar a Allah e ficar à Sua porta, numa posição de alguém que é pobre, com temor e humildade.

E o arrependimento é uma obrigação, e não é permitido atrasá-lo. Porque Allah e Seu Mensageiro nos ordenaram que nos arrependêssemos, e ninguém sabe o que acontecerá caso atrasemos o arrependimento. Continuar com a desobediência a Allah fará o coração endurecer, distanciará a pessoa de Allah (louvado seja) e diminuirá sua fé. Pois, de fato, a fé aumenta com a obediência e diminui com a desobediência. Continuar cometendo pecados os tornarão um hábito que será ainda mais difícil interromper, isso abrirá a porta para Shaitan e levará a pecados cada vez maiores.

E o arrependimento para Allah deve ser sincero e possui cinco condições.

Primeira: deve ser feito sinceramente em prol de Allah, com a esperança de ser perdoado e com temor da punição.

Segunda: deve-se sentir arrependimento e tristeza pelo que foi feito e desejar que nunca tivesse cometido aquele pecado.

Terceira: deve-se desistir de cometer o pecado, caso contrário, a tawbah (arrependimento) não será aceita. Se alguém roubou dinheiro de outra pessoa, seu arrependimento não será aceito até que seja devolvido à pessoa, caso essa pessoa esteja morta, deve ser entregue aos seus herdeiros. Se essa pessoa não tem herdeiros, deve ser entregue ao bait al-maal (tesouro do Estado). Se não se sabe a quem pertence o dinheiro que foi roubado, deve ser doado em caridade. Se falaram sobre alguém pelas costas, deve-se pedir desculpas à pessoa.

Quarta: A pessoa deve decidir que não voltará a cometer esse pecado; esses são os frutos do arrependimento, além de provar sua sinceridade.

Quinta: não pode ser feito depois de certo tempo. Um período genérico para todas as pessoas e um período específico para cada pessoa. Quanto ao tempo genérico para todas as pessoas: é quando o sol nascerá pelo oeste. Como Allah diz: ” Não esperam eles senão os anjos lhes cheguem ou chegue teu Senhor ou cheguem alguns sinais de teu Senhor? Um dia, quando alguns sinais de teu Senhor chegarem, não beneficiará a alma alguma sua fé…” (6:158). O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quem quer que se arrependa antes que o sol nasça do oeste, Allah o perdoará” (Muslim).

Quanto ao tempo específico, são os estágios antes da alma de uma pessoa deixar o corpo. Como Allah diz: “E a remissão não é para os que fazem más obras até que, no momento em que a morte se apresenta a um deles, diz: ‘Volto-me arrependido, agora’; nem para os que morrem, enquanto renegadores da Fé. Para esses, preparamos doloroso castigo” (4:18).

Allah diz: “Dize: ‘Ó Meus servos, que vos excedestes em vosso próprio prejuízo, não vos desespereis da misericórdia de Allah. Por certo, Allah perdoa todos os delitos. Por certo, Ele é O Perdoador, O Misericordiador’” (39:53). E Allah diz: “E quem faz um mal ou é injusto consigo mesmo, em seguida, implora perdão a Allah, encontrará a Allah Perdoador, Misericordiador” (4:110).

Continua amanhã…

Siyam e Ramadan