Dia Dois: Os Méritos do Jejum

Dia Dois: Os Méritos do Jejum

Meus irmãos: Saibam que o jejum é um dos maiores atos de adoração e obediência.

Da grandeza do jejum é que Allah o prescreveu em todas as nações e o tornou obrigatório para elas. “Ó vós que credes! É-vos prescrito o jejum, como foi prescrito aos que foram antes de vós, para serdes piedosos.” Se não fosse um ato tão grandioso, não seria prescrito para todas as nações.


Um dos méritos do jejum é que é uma causa de perdão e expiação pelos pecados. Como é afirmado no Sahihein, por Abu Hurairah (que Allah esteja satisfeito com ele), que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quem quer que jejue o Ramadan com fé e busque sua recompensa, seus pecados passados ​​serão perdoados”. O que significa: fé em Allah e prazer na execução da obrigação, esperando ser recompensado por isso, e sem detestar o fato de que o jejum seja obrigatório, e nem ter dúvidas sobre ser recompensado. Também no Sahih Muslim, por Abu Hurairah, o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “As cinco orações diárias, as orações de sexta a sexta-feira, e o período de um Ramadan a outro, são uma expiação para o que há entre estes, se tu te mantiveres distante dos pecados maiores.”

Outro mérito do jejum é que ele não é medido com uma quantidade específica de recompensa, mas Allah recompensa pelo jejum sem levar nada em consideração. Como é afirmado no Sahihein, por Abu Hurairah (que Allah esteja satisfeito com ele), o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse que Allah falou: “Toda ação do filho de Adão é para si mesmo, exceto o jejum que é para Mim, e Eu o recompenso. E jejuar é proteção, se um de vós estiver em jejum, que não se comporte ou fale indecentemente; se alguém tentar abusar ou lutar contra ele, diga: “Estou jejuando”. Por Aquele em cuja mão está a alma de Muhammad, o cheiro que emana da boca daquele que jejua é melhor para Allah do que o cheiro de almíscar. Para o jejuador, existem dois momentos de felicidade: quando ele quebra o jejum, fica feliz em comer e, quando encontra seu Senhor, fica feliz com o jejum.” E em outra narração, “Toda boa ação do filho de Adão é multiplicada de 10 a 700 vezes, Allah disse: ‘Exceto pelo jejum, pois de fato é para Mim, e Eu o recompenso, pois eles abandonam seus desejos e sua comida por Minha causa.’”

Este belo hadith mostra os muitos méritos do jejum, de várias maneiras diferentes:

Primeiro: Allah escolheu esse ato dentre muitos outros atos para ser dedicado a Si mesmo. Isso mostra a nobreza desse ato e o quanto ele é amado por Allah. O jejum mostra a sinceridade a Allah, pois é um segredo entre o servo e seu Senhor. Ninguém mais pode ver o jejum, exceto Allah. A pessoa pode estar sozinha e, ainda assim, não vai quebrar o jejum por medo de Allah, e por esperar Sua recompensa. Por essas razões, Allah recompensou essa sinceridade e fez do jejum Seu dentre todos os outros atos de adoração, como Allah disse: “Eles abandonam seus desejos e comida por Minha causa”. No dia do julgamento, o benefício de Allah escolher esse ato para Si mesmo ficará claro. Como Sufian bin Uiainah (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: “Quando, no dia do julgamento, um servo estiver sendo levado em consideração e dentre todas as suas ações houver pecados, e tudo o que restar for o jejum dessa pessoa, Allah tirará dele todos aqueles pecados e introduzi-lo-á no Jannah, por seu jejum.”

Segundo: Allah disse sobre o jejum: “E Eu o recompenso por isso”. As boas ações são multiplicadas em número, de 10 até 700 vezes, e ainda mais. Quanto ao jejum, é recompensado por Allah sem consideração pelos números, e Allah é o mais nobre e gracioso. E doar baseia-se no quanto se pode dar, o que significa que Allah dará grandes recompensas pelo jejum sem contabilizar nada. Jejuar é paciência em obedecer a Allah, e paciência contra desobedecer a Allah, e paciência quanto ao que Allah decreta. Todos os tipos de paciência se reuniram neste mês, bem como a paciência em relação à sede, fome e fraqueza do corpo e da alma. Portanto, é obrigatório que o jejum seja paciente, como Allah diz: “Allah recompensa os pacientes, sem levar em conta”.

Terceiro: De fato, jejuar é proteção, proteção contra agir ou falar indecentemente. Como o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quando chegar o dia do jejum, não aja indecentemente ou cause danos”. É também um meio de proteção contra o Fogo, narrado pelo Imam Ahmad, com uma boa corrente de transmissão, sob a autoridade de Jabir (que Allah esteja satisfeito com ele), que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “O jejum é uma proteção para os servos do Fogo”.

Quarto: O cheiro do hálito da pessoa em jejum é mais amado por Allah do que o cheiro do almíscar, porque é um sinal de jejum e isto é amado por Allah. Isso mostra a grandeza do jejum na visão de Allah. Mesmo algo que é odiado entre as pessoas se torna amado por Allah, porque é um sinal de obediência a Allah através do jejum.

Quinto: Para o jejuador há dois momentos de felicidade, quando ele quebra o jejum e quando encontra o seu Senhor. Quanto à sua felicidade em quebrar o jejum, é porque ele está feliz com a bênção que Allah lhe concede por dar a capacidade de realizar um ato tão grandioso. E quantas pessoas impedem a si mesmas dessa recompensa ao encontrar felicidade em comer, beber e ir a casamentos enquanto deveriam estar em jejum? Quanto à felicidade com seu jejum quando encontram seu Senhor, uma vez que recebem sua recompensa de Allah (louvado seja), assim como é doado dinheiro em um momento de pobreza, uma vez que é dito: “Onde estão os jejuadores? Eles podem entrar no Jannah pela porta Ar-rayyan, onde ninguém mais entrará, senão eles.” Também neste hadith, uma vez que o jejuador é amaldiçoado por alguém ou alguém briga com ele, então, não se deve retornar ao mesmo comportamento, isso pode aumentar a maldição e a contenda. Também não se deve permanecer calado, mas sim, deve-se informar à outra pessoa que está jejuando, para que ela saiba que não a confrontará com o mesmo comportamento, por respeito ao jejum. “E o bom e o mau não se igualam. Revida o mal com o que é melhor: então, eis aquele entre o qual e ti há inimizade, como íntimo aliado. E isto não se confere senão aos que pacientam. E isto não se confere senão ao dotado de magnífica sorte.”

Também um dos méritos do jejum é que ele intercede pela pessoa no dia do julgamento. Abdullah Bin Omar (que Allah esteja satisfeito com ele) narrou que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “O jejum e o Alcorão são dois intercessores no Dia do Julgamento, o jejum dirá: ‘Meu Senhor, eu o impedi de comer e dos desejos, então, conceda-me intercessão por ele’, e o Alcorão dirá: ‘Eu o impedi de dormir à noite, então, conceda-me intercessão por ele’. Ele disse: Assim, eles intercederão”. Narrado por Ahmad.

Meus irmãos: Os méritos do jejum não serão benéficos, a menos que você faça o jejum da maneira correta e esteja consciente de suas regras e limites. Peça a Allah que perdoe suas falhas durante o jejum. Oh Allah! Proteja nosso jejum e faça-o nosso intercessor, perdoe-nos, a nossos pais e aos muçulmanos, e envie sua paz e bênçãos ao nosso Profeta Muhammad.

Continua amanhã…

Siyam e Ramadan