8 Dicas para Manter-se Conectado ao Alcorão após o Ramadan

8 Dicas para Manter-se Conectado ao Alcorão após o Ramadan

À medida que os dias do Ramadan nos deixa, temos uma sensação de vazio. Muitos de nós podem ter alcançado um grande resultado este mês,


enquanto outros podem estar decepcionados sobre como passaram os dias do abençoado Ramadan. A passagem do Ramadan é sempre tão rápida que geralmente deixa entristecidos os corações dos muçulmanos em todo o mundo. Mas, o que é que realmente nos entristece? É o fim dos convites para festas de iftar? A barriga roncando de fome na hora do almoço? Ou talvez algo muito mais importante e assustador: o medo de não ser capaz de manter o máximo de ibadah (ato de adoração) e concentração no din (religião) como no mês que passou, e as distrações da vida que nos oprimem retornando logo após o Eid?
Enquanto este for o caso, como em qualquer batalha, os soldados devem se preparar para vencer. Nossa batalha, nesta altura, é a de manter uma relação com o Alcorão e continuar a construir aquilo que iniciamos no Ramadan. Mesmo se o mês abençoado não foi tão produtivo como gostaria, aprender com os erros do Ramadan e preparar uma sólida relação com o Alcorão nos próximos meses é igualmente importante.
Abdullah ibn Masud (que Allah esteja satisfeito com ele) disse:
“A casa em que o Alcorão não é recitado é como uma casa abandonada, onde não há ninguém para mantê-la.” [Al-Musannaf]
Nunca deixe a sua casa tornar-se abandonada; desde que tenha fôlego nos pulmões, certamente será capaz de agarrar-se ao Alcorão e os seus ensinamentos. Não há desculpas! Todos nós investimos nosso tempo para garantir que estaremos com odor agradável, com bom aspecto e bem alimentados. Assim, dê à sua alma também o alimento que requer, alimentando-a com o Alcorão e jamais negligenciando-o. Nossos corpos são entidades finitas, assim, alimentar a alma é que garantirá sua estabilidade quando seu corpo não for mais forte. Alimente a alma para manter seu coração desperto.
Aqui estão oito dicas para ajudá-lo a começar, desenvolver e manter uma relação forte com o livro de Allah (glorificado e exaltado seja), mesmo após o Ramadan insha’Allah:

1. Trate cada mês como se fosse o Ramadan

Apesar dos dias abençoados terem passado, não significa que a nossa mentalidade deva mudar. Achamos tempo extra neste mês para passar mais tempo em ibadah porque estamos conscientes das bênçãos e importância dele. No entanto, isso também não significa que o tempo fora do Ramadan deva ser desperdiçado.
“Esse é o Livro. Nele, não há dúvida alguma. E orientação para os piedosos.” [Alcorão, 2:2]
Este versículo se aplica a todos os dias; o Ramadan é um mês especial para passar com o Alcorão, mas isso não significa que devemos negligenciá-lo fora deste mês.
Imagine todo mês como sendo o Ramadan e tente colocar a mesma paixão que sente neste mês em relação ao desenvolvimento da sua relação com o Alcorão. A verdade é que qualquer dia pode ser nosso último e, portanto, devemos aproveitar melhor o nosso tempo com leitura e reflexão sobre o Livro que nos foi enviado como orientação.

2. Não há desculpas!

Nós procrastinamos com desculpas com o porquê de não podermos recitar regularmente o Alcorão e refletir sobre ele.
Pode haver “falta de tempo” – mas, se você está lendo isso, significa que você tem tempo para navegar na internet! Corte atividades ociosas ou acorde 15 minutos mais cedo.
Você se sente mal porque “não entende” o que lê – encontre um professor de Alcorão, leia traduções e tafsir (exegese) ou comece a aprender árabe.
Você pode pensar que “vai fazê-lo no fim de semana” – certifique-se da realidade da sua vida. Você pode não ter o amanhã, então faça hoje o que precisa!
Infelizmente, isso pode ser apenas um caso de “Eu não sei por que, eu não posso adquirir o hábito” – A fim de que isso se torne um hábito, você deve se esforçar. A subida até o topo da montanha nunca é fácil, mas, se parar no meio do caminho, nunca chegará ao topo. Pequenos passos são melhores do que nenhum passo.

3. Defina uma meta mensal

No início de cada mês, defina uma meta para si mesmo. Você quer completar todo o Alcorão ou se concentrar em determinados capítulos? Existe uma parte que pretende memorizar com sucesso? Ou talvez você queira se concentrar em sua recitação em vez de uma quantidade de capítulos memorizados especificamente? Seja qual for o caso, ter uma ideia sobre qual é seu objetivo ajudará a mantê-lo concentrado para alcançar a meta, insha’Allah. Este é um objetivo para você mesmo, suas habilidades e o que você necessita para impulsionar seu iman (fé). Anote-o em seu diário, em seu telefone ou mesmo na parede – mantenha- no ao seu redor, diante de seus olhos para que você se lembre sempre qual o objetivo.

4. Defina um tempo para Alcorão

Podemos definir as nossas metas, mas sem estarmos preparados ou programarmos o trajeto ao destino poderá ser extremamente difícil. Em um planejamento semanal, trabalhe para ter tempo para ler o Alcorão e fazer atividades associadas àquilo em que está focado. Você é capaz de determinar um tempo? Ótimo se puder, mas se não, não entre em pânico! Use o tempo que tiver e se esforce ao máximo dentro dele.

5. Recupere o que você perdeu

Alguns dias podem ser mais movimentados que outros e você pode não ser capaz de ler o que tinha planejado. Mantenha-se centrado para enfrentar esta situação e garantir a recuperação do que perdeu, colocando aquilo no topo das atividades planejadas para o dia seguinte. Isso é importante para garantir que você tenha um hábito regular para manter as metas que estabeleceu para aquele mês. Ainda melhor, crie um grupo de Alcorão pós-Ramadan com seus amigos para ajudá-lo a permanecer motivado e ligado ao Alcorão, mesmo quando você sentir seu entusiasmo afundando.

6. Concentre-se na compreensão

Bem como recitar o Alcorão, arrume um tempo para ler a tradução e o tafsir (exegese). Isto poderia ajudá-lo a ler por si mesmo, ou atenda às aulas em uma mesquita ou instituto local. Isso realmente é uma parte importante do desenvolvimento de uma compreensão correta do Alcorão. Muitos de nós abandonamos o hábito de ler o Alcorão porque não conseguimos entender o que estamos lendo.
Allah, Subhanahu wa Ta’ala (glorificado e exaltado seja Ele), disse que o Alcorão é ” Este é um esclarecimento, para os homens, e orientação e exortação para os piedosos.” [Alcorão, 3:138]
Não devemos perder esta orientação porque não entendemos o idioma. Transforme o aprendizado do árabe em um objetivo, no entanto, nesse meio tempo, utilize as obras traduzidas disponíveis para compreender, absorver e aplicar a mensagem do Alcorão em sua vida cotidiana.

7. Pratique o que você aprende

As histórias do Alcorão estão cheias de lições. Tire um tempo para refletir sobre elas e pergunte a si mesmo como você pode aplicar em sua vida o que você aprendeu? O Alcorão destaca as nossas imperfeições, ao mesmo tempo nos dá ideias (direcionamento) sobre como mudar para melhor. Ouvir o Alcorão pode ser um calmante e uma cura, no entanto, a razão fundamental para que os versículos fossem revelados foi a orientação do ser humano à senda reta. Qualquer parte que você leia, pergunte-se como pode mudar a sua vida com base naquilo. Mantenha um diário com os pontos que você aprendeu e como vai trabalhar no sentido de desenvolver uma personalidade complementar ao Alcorão. Lembre-se do hadith de Aisha ra?iAll?hu ‘anha (que Allah esteja satisfeito com ela):
“O caráter do Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Deus estejam sobre ele) era o Alcorão.” [Abu Dawud]

8. Faça dua (súplica)

Por último, mas não menos importante – sempre suplique a Allah Subhanahu wa Ta’ala (glorificado e exaltado seja) para ajudá-lo na compreensão das Suas palavras. Nós somos incapazes de alcançar qualquer coisa sem Allah Subhanahu wa Ta’ala, é Ele quem nos concede essa capacidade. A beleza disto é que Allah Subhanahu wa Ta’ala pode nos ajudar a alcançar o que todos acham que não somos capazes de fazer.
Nunca deixe que as palavras ou ações dos outros o coloquem para baixo; quaisquer que sejam seus objetivos em relação ao Alcorão e a compreensão dele, coloque sua confiança em Allah Subhanahu wa Ta’ala que Ele os facilitará para que se tornem realidade. Apareçam pedras ou montanhas em seu caminho, nunca se esqueça de que Allah Subhanahu wa Ta’ala sabe até onde sua alma pode lidar com a luta. Transponha quaisquer obstáculos que tentem impedi-lo de se apegar ao Alcorão através de seu retorno contrito a Allah Subhanahu wa Ta’ala e pedindo que Ele faça do Alcorão a luz da sua vida e do seu coração!

Inspiração e Espiritualidade