Detalhes sobre o Zakat al-Fitr

Detalhes sobre o Zakat al-Fitr
Compartilhe

O Zakat al-Fitr é um tipo de caridade (sadaqah) que é obrigatória no tempo da quebra do jejum do Ramadan. A palavra zakat é conectada por idaafah (estrutura genitiva na gramática do árabe) à palavra fitr porque a ocasião de quebrar o jejum é a razão pela qual este zakat é obrigatório.

Razões para o Zakat Al-Fitr e o que é que o Islam diz Sobre Este

Ibn ‘Abbas (radiAllahu ‘anhu) disse:

“O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) fez o Zakat Al-Fitr obrigatório como um meio de purificar o jejuador de conversa fiada e linguagem obscena, e para dar de comer aos pobres. Quem o pagar antes da oração, o zakat é aceite, e quem o pagar depois da oração, é só uma espécie de caridade (sadaqah).” (Abu Dawud, 1371. An-Nawawi disse: Abu Dawud relatou de Ibn ‘Abbas com um isnaad hasan (corrente de narração boa))

“Purificar” significa a purificação da alma daquele que jejuou no Ramadan. No que toca às palavras “linguagem obscena”, Ibn Al-Athir disse:

“‘Linguagem obscena’ refere-se a discurso obsceno. ‘Dar de comer aos pobres’ refere-se a comida que dê para comer (ou seja, não pode ser dinheiro ou outras coisas). ‘Quem o pagar antes da oração’ significa antes da oração de ‘Eid. ‘O zakat é aceite’ significa sadaqat al-fitr. ‘Só uma espécie de caridade’ significa uma espécie de caridade que poderia ser dada em qualquer outra ocasião.” (‘Awn al-Ma’bud Sharh Abi Dawud)

Foi dito que isto é o que foi implicado na Surah Al-A’la:

“Bem-aventurado aquele que se purificar, e mencionar o nome do seu Senhor e orar!” (Qur’an 87:14-15)

Foi relatado que ‘Umar Ibn ‘Abd al-‘Azeez e Abu al-‘Aaliyah disseram:

“Ele (o Profeta ?) pagava o Zakat Al-Fitr e depois saía para a oração (de ‘Eid)”. (Al-Jassaas, Ahkam al-Qur’an, 3ª parte, Surah Al-A’la)

Waki’ Ibn Jarrah disse:

“O Zakat Al-Fitr para o mês do Ramadan é como duas sajdas al-sahw (prostrações de esquecimento) para a oração. Este compensa por quaisquer falhas no jejum como as prostrações compensam por quaisquer falhas na oração”. (An-Nawawi, al-Majmu’, 6ª parte)

Obrigação do Zakat Al-Fitr

A opinião correcta é a de que é fard (obrigatório), porque Ibn ‘Umar (radiAllahu ‘anhu) disse: “O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) fez o Zakat Al-Fitr obrigatório” e por causa do consenso dos sábios (ijma’) de que este é fard. (Al-Mughni, 2ª parte, Baab Sadaqat Al-Fitr)

Quando Deve ser Dado?

Este torna-se obrigatório quando o sol se põe no último dia do Ramadan. Quem se casar, tiver um filho ou se tornar muçulmano antes do sol se pôr nesse dia, tem que dar o Zakat Al-Fitr (por conta dele próprio e/ou da sua nova mulher ou novo filho), mas se isso acontecer depois do pôr do sol, ele não tem que o dar…

Quem morrer depois do pôr-do-sol na noite de fitr, o sadaqat al-fitr tem que ser dado em seu nome. Isto é o que Ahmad (rahimahullah) mencionou. (Al-Mughni, 2ª parte, Fasl Waqt Wujud Zakat Al-Fitr)

Quem é Obrigado a Pagá-lo?

O Zakat Al-Fitr é obrigatório para os muçulmanos.

Ibn ‘Umar (radiAllahu ‘anhu) disse:

“O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) fez o Zakat Al-Fitr, um saa’ de tâmaras ou um saa’ de cevada, obrigatório aos muçulmanos, escravos e livres, homens e mulheres, jovens ou idosos”. (Bukhari, 1407)

É obrigatório para aqueles que podem pagá-lo.

Al-Shafa’i (rahimahullah) disse:

“Quem, no início de Shawal, tiver comida suficiente para ele mesmo e para quem ele estiver a sustentar, para esse dia, e tiver o suficiente para dar o Zakat Al-Fitr por conta deles e dele próprio, deverá dá-lo por conta deles e dele próprio. Se ele só tiver o suficiente para dar por conta de alguns deles, então ele deverá dá-lo por conta de alguns deles. Se ele só tiver o suficiente para ele próprio e para aqueles que estiver a sustentar, então ele não é obrigado a dar o Zakat Al-Fitr por sua conta ou por conta daqueles que estiver a sustentar”. (Al-Umm, 2ª parte, Baab Zakat Al-Fitr)

An-Nawawi (rahimahullah) disse:

“Aquele que estiver em dificuldade financeira não é obrigado a dar (o Zakat Al-Fitr); não há diferença entre os sábios neste aspecto. A obrigação é determinada se uma pessoa pode ou não pagá-lo. Quem tiver um saa’ a mais do que necessita para ele próprio e para aqueles que é obrigatório ele sustentar na noite e no dia de ‘Eid, tem o suficiente (não está com dificuldade financeira). Quem não tiver nada a mais do que necessita está com dificuldade financeira, e por isso não é obrigado a pagar o que quer que seja neste caso”. (Al-Majmu’, 6ª parte, Shurut Wujud Sadaqat al-Fitr)

O muçulmano deve dar por conta dele próprio e por conta daqueles em quem gasta dinheiro, como esposas e parentes, se estes não puderem dar por conta deles mesmos. Se eles podem fazê-lo, é melhor para eles dar o zakat, porque a ordem é dada a eles.

Ibn ‘Umar (radiAllahu ‘anhu) disse:

“O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) fez o Zakat Al-Fitr, um saa’ de tâmaras ou um saa’ de cevada, obrigatório para os muçulmanos, escravos ou livres, homens ou mulheres, jovens ou idosos, e ordenou que deve ser dado antes das pessoas saírem para a oração (de ‘Eid)”. (Bukhari, 1407)

Al-Shafa’i (rahimahullah) disse:

“O guardião do demente e do menor deve dar o Zakat Al-Fitr por conta deles e por conta daqueles por quem (o demente ou o menor) são responsáveis, tal como a pessoa sã deve dar o zakat por conta dele próprio… Se há um não-muçulmano entre aqueles que ele está a sustentar, ele não tem que dar o Zakat Al-Fitr por conta dele porque ele não pode ser purificado pelo zakah” (visto que não pertence à religião). (Al-Umm, 2ª parte, Baab Zakat Al-Fitr)

O autor de al-Muhadhdhab disse:

“Al-Musannif (rahimahullah) disse: ‘Se alguém tiver que pagar o Zakat Al-Fitr por conta dele próprio e por conta daqueles que ele sustenta, se eles são muçulmanos e se ele tiver mais do que necessita para os sustentar, então ele pode dar, e depois a mãe e o pai, os avós e os bisavós, etc, e as crianças devem ter que pagar o Zakat Al-Fitr por conta dos seus pais, avós e bisavós, etc. – se estas são obrigadas a sustentá-los. (Al-Majma’, 6ª parte)

Um homem tem que pagar por conta dele próprio e da sua esposa – mesmo se ela tiver dinheiro (que ela ganhou) – e pelas suas crianças e pais se eles são pobres, e pela sua filha, se esta estiver casada mas o casamento ainda não foi consumado. Se o seu filho é rico, ele não tem que dar o zakat por conta do seu filho. O marido tem que dar o Zakat Al-Fitr por conta da sua esposa divorciada cujo divórcio (talaaq) ainda não é final (isto é, ela está ainda no período de ‘iddah do primeiro ou segundo talaaq), mas não no caso da esposa rebelde ou da mulher cujo divórcio é final. Um filho não tem que dar Zakat Al-Fitr por conta da esposa (não-biológica) de um pai que é pobre porque ele não é obrigado a sustentá-la.

(Quando for altura de dar o Zakat Al-Fitr), devemos começar pelas pessoas mais próximas. Por isso, ele dá por conta própria, depois por conta da sua esposa, depois, dos seus filhos e filhas, depois, do resto dos seus parentes em ordem de aproximação, seguindo o padrão dado nas regras que governam a herança.

Não é obrigatório dar o Zakat Al-Fitr por conta de um feto que ainda está no ventre da mãe, mas se é dado voluntariamente, não há problema.

Se alguém que é obrigado a dar o Zakat Al-Fitr morre antes de o dar, este deve ser pago da herança que deixar (…) mesmo se a pessoa que o sustentava também morrer, a obrigação ainda se mantém. (Al-Mughi, 2ª parte)

Se um servo tem sálario que lhe é pago diária ou mensalmente, o empregador não tem que dar o Zakat Al-Fitr por conta dele, porque ele é um trabalhador contratado, e ninguém é obrigado a sustentar um trabalhador contratado. (Al-Mawsu’ah, 23/339)

No que toca a dar o Zakat Al-Fitr por conta de um órfão, o Imam Malik (rahimahullah) disse:

“O guardião deve dar o Zakat Al-Fitr por conta dos órfãos, cuja alguma da fortuna está sobre o seu controlo, mesmo que estes sejam menores”. (Al-Mudawwanah, 1ª parte)

A Quantia do Zakat Al-Fitr

A quantia a ser dada é um saa’ de comida, de acordo com a medida de saa’ usada pelo Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) por causa do seguinte hadith:

Abu Sa’id Al-Khudri (radiAllahu ‘anhu) disse:

“No tempo do Profeta ?, nós costumávamos dá-lo na medida de um saa’ de comida…” (Bukhari, 1412)

O peso do saa’ (que é uma medida de volume) varia de acordo com o tipo de comida, por isso quando se der o Zakat Al-Fitr por peso, deve-se ter a certeza que o que é dado é equivalente a um saa’ desse tipo de comida. Um saa’ é aproximadamente 3 kg de arroz.

Tipos de Coisas que Podem ser Distribuídas

O que deve ser distribuído é comida para consumo humano, como tâmaras, trigo, arroz ou outro tipo de comida que os humanos comem.

É relatado nos al-Sahihayn de Ibn ‘Umar (radiAllahu ‘anhu) que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) fez o Zakat Al-Fitr, um saa’ de tâmaras ou um saa’ de cevada, obrigatório para os muçulmanos, escravos ou livres, homens ou mulheres. (Naquele tempo, a cevada era um dos tipos de alimento que se comia). (Bukhari)

Abu Sa’id Al-Khudri (radiAllahu ‘anhu) disse:

“No tempo do Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), nós costumávamos dar um saa’ de comida no dia do Fitr”. Abu Sa’id disse: “E a nossa comida era cevada, passas de uva, aqit (iogurte seco) e tâmaras”. (Bukhari, 1408)

Deve ser dado na forma de alimentos de primeira necessidade usados na região, seja trigo, arroz, tâmaras, lentilhas…

Al-Shafa’i (rahimahullah) disse:

“Se os alimentos de primeira necessidade de um povo são milho, milheto (dukhn), cevada de película fina (sult), arroz ou qualquer grão, no qual o zakat é obrigatório, então deve ser dado como Zakat Al-Fitr”. (Al-Shafa’i, al-Umm, 2ª parte, Baab Al-Rajul Yakhtalifu Qutuhu)

An-Nawawi (rahimahullah) disse:

“Os nossos companheiros disseram: ‘É uma condição para dar algo como Zakat Al-Fitr que este deve ser um dos produtos alimentares nos quais o zakat é pago numa taxa de um décimo (isto é, zakah de grãos e frutas). Nada mais é aceitável excepto aqit (iogurte seco), queijo e leite”.

Al-Maawardi disse:

“Este é o caso mesmo que algumas das pessoas, que vivem em ilhas e outros, tenham peixe ou ovos como alimentos de primeira necessidade; estes não são aceitáveis (como Zakat Al-Fitr) e não há diferença (entre os sábios sobre este assunto). No que toca a carne, a opinião correcta é a mencionada por Al-Shafa’i e confirmada por Al-Musannif e pelos companheiros em tudo o que foi narrado deles: não é aceitável (como Zakat Al-Fitr), e esta é a opinião unânime (dos sábios)… Os nossos companheiros disseram: ‘Este é o caso mesmo que os seus alimentos de primeira necessidade sejam frutas nas quais eles não têm de dar um décimo como zakat, como figos, etc. Estas não são aceitáveis (como Zakat Al-Fitr) de todo”. (Al-Majmu’, 6ª parte: al Wajib fi Zakat Al-Fitr)

Ibn Al-Qayyim (rahimahullah) disse:

“Se fosse dito ‘Deve dar um saa’ de tâmaras em todo o lugar, sendo alimento de primeira necessidade ou não’, isto é um assunto discutido que é sujeito a ijtihaad. Há algumas pessoas que dizem que é obrigatório e outras que dizem que em cada país é obrigatório dar um saa’ do que for os alimentos de primeira necessidade lá, visto que o Profeta ? especificou cinco tipos de comida para o Zakat Al-Fitr, por isso em cada país, podem dar o equivalente de um saa’ dos seus alimentos de primeira necessidade. Isto é mais correcto e é mais próximo dos princípios da shari’ah. Porque como podemos fazer obrigatório para pessoas cujo alimento de primeira necessidade é peixe, por exemplo, ou arroz ou milheto, dar tâmaras?… E Allah é a Fonte de Apoio.” (I’Iam al-Muwaqqa’in, 2ª parte, al-Qiyaas)

É permitido dar massa (“macarrão”) que é feito de trigo, mas tem que se ter a certeza que o peso é equivalente ao peso de um saa’ de trigo.

Dar o Zakat Al-Fitr em forma de dinheiro não é permitido de todo, porque o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse que este deve ser dado na forma de comida, não dinheiro. E no Islam deve-se oferecê-lo abertamente, não secretamente.

Os Sahabah (Companheiros) davam o Zakat Al-Fitr em forma de comida, e nós devemos seguir, não inovar. O Zakat Al-Fitr na forma de comida é regulado pela medida do saa’, e se este fosse dado na forma de dinheiro, não poderia ser regulado desta maneira: seria de acordo com o preço dos alimentos e dado? Existem benefícios óbvios em dá-lo na forma de alimentos de primeira necessidade, como em tempos em que os homens de negócios estão a armazenar certos bens, os preços subiram, ou em tempos de guerra e inflacção.

Se alguém disser: “Mas o dinheiro é mais útil para os pobres, porque assim eles podem comprar o que quiserem e eles podem precisar de outras coisas sem ser comida, então o pobre assim vende a comida e perde dinheiro”.

A resposta a isto é que existem outras fontes que atendem às necessidades dos pobres, a respeito a abrigo, roupa e assim por diante, que são fornecidos do zakat pago da riqueza das pessoas (zakat al-maal), caridade geral e outros tipos de doações. Comecemos a pôr as coisas na perspectiva islâmica correcta e aderir ao que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) ordenou, que é dar um saa’ de comida para dar de comer aos pobres como obrigação. Se nós dermos comida a uma pessoa pobre, ele comerá e beneficiará disso mais cedo ou mais tarde, porque é o tipo de comida que ele usa, de qualquer maneira.

Com base nisto, não é permitido, para o propósito do Zakat Al-Fitr, dar dinheiro a uma pessoa para pagar as suas dívidas ou cobrir o custo da cirurgia de uma pessoa doente ou pagar o ensino de um estudante pobre, etc. Existem outras fontes para este tipo de ajuda, como mencionado acima.

O Tempo para Dar o Zakat Al-Fitr

Este deve ser dado antes da oração de ‘Eid, como mencionado no hadith que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) “ordenou que este seja dado antes das pessoas saírem para a oração”. (Bukhari, 1407)

Há um tempo quando é mustahhab (recomendável) dá-lo e um tempo quando é permitido dá-lo.

O tempo recomendado é no dia de ‘Eid, por causa do hadith citado acima. Por esta razão, é Sunnah adiar a oração de ‘Eid no ‘Eid Al-Fitr para dar tempo suficiente para aqueles que têm que dar o Zakat Al-Fitr e para terem o pequeno almoço antes de saírem. Por outro lado, é Sunnah também apressar as orações de ‘Eid no ‘Eid Al-Adha para as pessoas irem e oferecerem os seus sacrifícios e comerem destes.

O tempo da permissibilidade de dar o Zakat Al-Fitr é um ou dois dias antes do ‘Eid. No Sahih al-Bukhari, é relatado que Naafi’ disse:

“Ibn ‘Umar costumava dar por conta dos jovens e dos idosos, e ele até costumava dar por conta dos meus filhos. Ele dava àqueles que o aceitavam, e seria oferecido um ou dois dias antes (‘Eid) Al-Fitr”.

(“àqueles que o aceitavam” refere-se àqueles que eram designados pelo Imam para reunirem o sadaqat al-fitr)

Naafi’ disse:

“Ibn ‘Umar costumava enviar o Zakat Al-Fitr para aquele que o reunia, dois ou três dias antes (‘Eid) Al-Fitr”. (al-Mudawwanah, 1ª parte, Baab Ta’jil al-Zakah qabla hululihaa)

É detestável (makruh) adiar distribuí-lo até depois da oração de ‘Eid; alguns sábios disseram que é haraam e é contado como qadaa’ (compensar um dever que não foi feito no tempo devido), com base no hadith: “Quem o pagar antes da oração, é um zakat aceite, e quem o pagar depois da oração, é só uma espécie de caridade”. (Relatado por Abu Dawud, 1371)

É mencionado em ‘Awn Al-Ma’bud Sharh Abi Dawud:

“Obviamente, aquele que der o Zakat Al-Fitr depois da oração é como aquele que não o deu, porque eles têm em comum o facto de que eles não deram esta caridade obrigatória. A maior parte dos sábios pensam que dá-lo antes da oração de ‘Eid é só recomendável, e eles confirmaram que não faz mal dá-lo a qualquer hora até ao final do Fitr, mas esta opinião é refutada pelo hadith. Em relação a adiá-lo até depois do dia de ‘Eid, Ibn Ruslaan disse: ‘Isto é haraam por consenso, porque é zakah, então aquele que o adiar está a cometer um pecado, tal como é o caso quando alguém adia uma oração'”.

Por isso, é haraam adiar dá-lo sem uma boa razão, porque isto vai contra o propósito, que é poupar os pobres de terem que pedir no dia de alegria. Se uma pessoa adia a dá-lo sem desculpa, ele comete um pecado mas ainda tem que o compensar.

O Zakat Al-Fitr tem que ser dado a uma pessoa que tem o direito de o receber ou alguém que foi designado para o reunir, no momento certo e antes da oração de ‘Eid. Se um homem quer dá-lo a uma pessoa em particular, mas não o consegue encontrar ou alguém que o possa aceitar por conta dele, e ele teme que o tempo acabe, ele tem que o dar a outra pessoa que tenha o direito a recebê-lo e não deve adiá-lo. Se uma pessoa quer dar o seu Zakat Al-Fitr a um pobre específico e teme que não o poderá ver no tempo apropriado, ele deve dizer-lhe para apontar alguém para aceitar por conta dele ou designar-lhe (o dador) para receber ele próprio por conta dele. Depois quando a hora chegar, ele pode receber dele num saco ou assim, ou guardá-lo até vê-lo.

Se aquele que quiser dar o zakat designar alguém para o oferecer por conta dele, ele é responsável pelo zakat até ter a certeza que a pessoa cumpriu as suas instruções. (Majaalis Shahr Ramadan: Ahkam Zakat Al-Fitr, pelo Sheikh Ibn ‘Uthaymin)

Para Quem é que este Pode ser Oferecido

O Zakat Al-Fitr pode ser dado às 8 categorias de pessoas para as quais pode ser dado o zakat al-maal. Isto é a opinião da maioria. De acordo com os malikis, uma das opiniões de Ahmad (rahimahullah) e a opinião de Ibn Taymiyyah (rahimahullah), deve ser dado exclusivamente aos pobres e necessitados.

Al-Shafa’i disse:

“O Zakat Al-Fitr deve ser dividido entre aqueles para os quais o zakat al-maal é dividido, e não deve ser gasto em qualquer outro sítio. Deve ser partilhado entre os pobres e necessitados, escravos que fizeram um contracto para comprar a sua liberdade dos seus mestres, pessoas em dívida, aqueles que estão a lutar pela causa de Allah e viajantes. (Kitab al-Umm: Baab Day’ah Zakat Al-Fitr Qabla Qasmiha)

An-Nawawi (rahimahullah) disse, depois de citar o hadith de Ibn ‘Abbas (radiAllahu ‘anhu) de que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse a Mu’adh (radiAllahu ‘anhu): “Diz-lhes que eles têm que dar sadaqah (caridade) que é tirada da sua riqueza e dada aos pobres”:

“Não é permitido dar qualquer parte do zakah a um não-muçulmano, quer seja Zakat Al-Fitr ou zakat al-maal… Malik al-Layth, Ahmad (rahimahullah) e Abu Thawr disseram: ‘Não se deve distribuí-lo a eles (isto é, aos não muçulmanos)'”.

O zakah deve ser dado aos pobres, àqueles que têm dívidas esmagadoras e àqueles cujos salários não são suficientes para durar até ao final do mês, de acordo com o nível das suas necessidades.

Não é permitido àquele que dá o Zakat Al-Fitr, comprá-lo de volta àquele a quem o deu. (Fatawa al-Sheikh Ibn ‘Uthaymin)

Pagamento e Distribuição

É preferível que a pessoa que quer dar o zakat, distribuí-lo ele mesmo.

Al-Shafa’i disse:

“Prefiro distribuir o Zakat Al-Fitr eu mesmo que dar àquele que o reúne”.

Al-Nawawi disse:

“Al-Shafa’i disse em al-Mukhtasar: ‘O Zakat Al-Fitr é para ser distribuído entre aqueles para os quais o zakat al-maal é distribuído. Eu prefiro que seja dado a membros da família para os quais não é obrigatório sustentar de todo’. Ele disse: ‘Se alguém prefere dá-lo àquele que o reúne, não há problema, inshaAllah… mas é melhor distribuí-lo ele mesmo… Se ele o dá ao líder muçulmano ou ao cobrador ou àquele que reúne o Zakat Al-Fitr, e se ele tem permissão a dá-lo, não há problema, mas distribuí-lo ele mesmo é melhor que tudo isto'”. (al-Majmu’, 6ª parte)

É permitido designar uma pessoa de confiança a dar àqueles que têm o direito ao zakat, mas se esta pessoa não é de confiança, não é permitido.

‘Abdullah Ibn al-Mu’ammal disse:

“Quando um homem disse a Ibn Abi Mulaykah ‘Tal fulano disse-me para deixar o Zakat Al-Fitr na mesquita’, Ibn Abi Mulaykah disse ‘Ele não sabe do que está a falar. Vai e distribui tu mesmo, senão Ibn Hisham (o governante que estava a reunir o zakat na mesquita) dá-lo-á aos seus guardas e a quem ele quiser’ (isto é, ele daria a pessoas que não tinham direito ao zakat)”. (Al-Umm: Baab Day’at Zakat Al-Fitr Qabla Qasmiha)

O Imam Ahmad (rahimahullah) mencionou que é permitido partilhar um saa’ num grupo de pessoas, ou dar muitos saa’s a uma pessoa só…

Malik disse:

“Não há nada de errado se um homem der o sadaqat al-fitr por conta dele próprio e da sua família a um só necessitado”. (al-Mudawwah, 1ªparte, Baab fi Qasm Zakat Al-Fitr)

Se alguém der menos de um saa’ a um pobre, isto deve ser destacado, porque ele (o pobre) pode usá-lo para pagar o seu próprio Zakat Al-Fitr.

É permitido a um pobre, se ele receber o Zakat Al-Fitr de alguém e tiver mais do que necessita, dá-lo por sua conta ou por conta daqueles que estão dependentes dele, se ele tem a certeza de que a comida é boa (isto é, se é o tipo certo de comida e se a quantidade é suficiente).

Onde se Deve dar o Zakat Al-Fitr?

Ibn Qudamah (rahimahullah) disse:

“Em relação ao Zakat Al-Fitr, este deve ser distribuído no país onde se tornou obrigatório, mesmo se uma pessoa tiver fortuna ou não, porque esta é a razão pelo qual o Zakat Al-Fitr se tornou obrigatório…” (al-Mughni, 2ª parte, Fasl Idhaa Kaana al-muzakki fi balad wa maaluhu fi balad)

Foi relatado em al-Mudawwanah Fiqh al-Imam Ahmad:

“Eu disse: ‘Qual é a opinião de Malik sobre alguém que vem de África e está no Egipto no dia de Fitr – onde é que ele deve distribuir o seu Zakat Al-Fitr?’. Malik disse: [Ele deve distribuí-lo] onde ele está. Se a família dele em África o distribuir por conta dele, não há problema.'” (Parte 1, Baab fi Ikhraaj al.Musaafir Zakat Al-Fitr)

(Nota: África naqueles dias era uma designação diferente do que é hoje).

Pedimos a Allah que aceite a nossa adoração e que nos junte com os piedosos. Que Allah abençoe o nosso Profeta Muhammad e toda a sua família e companheiros. Amin.

Fonte: IslamQA
Leia também: O Zakat


Compartilhe

O Islam

4 comentários sobre “Detalhes sobre o Zakat al-Fitr

    1. Wa alaikum salam wa rahmatullahi wa barakatuh, irmão Mahando
      nós não temos um shaikh habilitado a emitir fatwah em nossa equipe, porém, podemos te informar que há mais artigos sobre o zakatul maal (o zakah anual que se paga sobre a riqueza acumulada), este tipo de zakah não pode ser pago a quem é seu dependente (os familiares que você precisa sustentar). Quando ao zakatul fitr, este deve ser pago a um muçulmano pobre e em alimento; também é recomendado pagar aos muçulmanos da sua região, pois o propósito deste zakatul fitr é que todos os muçulmanos tenham alimento nesta data comemorativa. Se, no seu caso, não há nenhum muçulmano na sua região é necessário avaliar o caso com mais detalhes e informação.
      Consulte os outros artigos sobre zakat, nesta seção e também recomendamos o site de fatawa (decretos islâmicos): islamqa.info – ele é super completo e já existe a tradução para o português. Barakallahu fika e Ramadan Mubarak!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *